sexta-feira, 8 de maio de 2009

Sketchbook - Antônio do Parque


Esse existe de verdade, e deu pra ver que é uma figura. Abordou a mim, à Paula e ao Azeitona pedindo ajuda com um enrosco bancário. Muito simpático, enquanto falava foi se sentando, em três tempos, pra não parecer que ia ficar por ali. Ficou por quase uma hora talvez. Contou a história da vida toda, desde o primeiro gole de vinho, o primeiro trabalho aos 13 anos e como conheceu a primeira namorada. Embalava num rítmo que às vezes engrenava, outras descia o tom da voz até ficar inaudível. Mas nunca parando de falar. Se interrompido, não perdia o fio da meada. Trabalhou e se aposentou como operador de máquinas em parques de diversão. "São duas alavancas: Embreagem pra frente faz andar, embreagem e freio pra trás faz parar... Tinha que colocar as crianças equilibrando o peso pra não ter problema." Operou o Disco Voador e o Chapéu Mexicano. Respeitei. Admirei.

2 comentários:

Marcelo disse...

taí um bom ídolo!

maumau disse...

É dessas que surgem os Gentilezas da vida ;)

ShareThis